Notícias


Pesquisa revela que fazer exercícios nos fins de semana reduz chance de câncer e doenças cardíacas

10/1/2017


As pessoas que se exercitam principalmente nos finais de semana podem colher grandes benefícios para a sua saúde, incluindo um risco significativamente menor de morrer de câncer e de doenças cardíacas do que as pessoas que não fazem nenhuma atividade física. Os resultados, publicados na revista médica Journal of the American Medical Association (JAMA) Internal Medicine, mostraram que há um benefício para as pessoas que concentram todo o seu exercício físico em um ou dois dias da semana, e que são muitas vezes chamados de "guerreiros de fim de semana".

O estudo revelou que estes guerreiros de fim de semana tendiam a ser homens que praticavam em média 300 minutos de exercícios por semana, em um ou dois dias, segundo o estudo.

Comparando este grupo com adultos sedentários, os pesquisadores descobriram que aqueles que se exercitaram apenas um ou dois dias por semana tiveram um risco 30% menor de morrer por doenças.

40% menos chances de doenças do coração

O risco de morte por doença cardiovascular foi 40% mais baixo para atletas de fim de semana do que para adultos sedentários, e o risco de morte por câncer foi 18% menor.

"É uma notícia muito animadora que ser fisicamente ativo apenas uma ou duas vezes por semana está associado a um menor risco de morte, mesmo entre as pessoas que fazem alguma atividade, mas não atingem os níveis de exercício recomendados", disse o autor sênior Emmanuel Stamatakis, professor na Universidade de Sydney.

"No entanto, para obter benefícios de saúde ótimos com a atividade física é sempre aconselhável cumprir e exceder as recomendações", acrescenta.

O estudo se baseou em quase 64.000 pessoas que preencheram pesquisas de saúde na Grã-Bretanha, e confiou na intensidade e duração auto-relatadas dos exercícios.

Os pesquisadores também advertiram que, uma vez que 90% dos entrevistados eram da raça branca, os benefícios dos exercícios de fim de semana podem não ser generalizáveis para toda a população.

O assunto teve repercussão na Rede Globo, no jornal Bom Dia Brasil, e contou com a participação do Diretor Científico da SBC-BA, Dr. Luiz Rit. A reportagem foi veiculada em rede nacional nesta terça-feira, dia 10/01. Confira no link abaixo:

http://globoplay.globo.com/v/5569465/


Cinthya Brandão DRT/BA 2397

Notícias

Nota de Pesar

A Diretoria lamenta o falecimento do Prof. Antônio Marcos Motta, Presidente do Departamento de Educação Física da SBC-BA, nos últimos quatro anos.
Leia mais...

Eleições SINDIMED

A SBC-Bahia manifesta, publicamente, sua preocupação com os rumos tomados com o processo eleitoral para a diretoria do Sindicato dos Médicos do Estado ...
Leia mais...

Nota de falecimento - Dr. José dos Anjos Sobrinho

Comunicamos com profundo sentimento de pesar o falecimento do colega cardiologista Dr. José dos Anjos Sobrinho. Sepultamento: 13/04 (hoje). Hora: 16h:30 ...
Leia mais...

SBC-BA lança Congresso 2018

O 30º congresso baiano será de 10 a 12/05, no Bahia Othon Palace, em Salvador, e terá como eixo temático os “Avanços terapêuticos na evolução da Cardiologia”...
Leia mais...

Congresso de Cardiologia do Estado da Bahia completa 30 anos

Avanços Terapêuticos na Evolução da Cardiologia” será o tema da 30ª edição do evento de maior relevância ...
Leia mais...